philia

gr. philía (he): amizade, amor. Latim: amicitia. Laço afetivo entre dois seres humanos. Toma-se essa palavra no sentido estrito de afeição recíproca, ao passo que philía tem sentido bem mais amplo. Segundo Sócrates, análoga à atração entre semelhantes, como já enunciada pelos physikoi.

Fedro 277a-279b — Resumo e epílogo

SÓCRATES: - Já que nós concordamos nisto, caro Fedro, podemos agora decidir sobre o nosso assunto.

FEDRO: - Sobre o quê?

SÓCRATES: - Sobre o assunto que nos levou até a censura dirigida a Lísias em virtude de seus discursos escritos, o que por sua vez nos conduziu a classificar os discursos, distinguindo o que é artístico do que não o é. Pelo menos, parece, evidenciou-se suficientemente o que é artístico e o que não é.

FEDRO: - Com efeito. Mas não queres repetir tudo isso, em resumo?

BQT 198a-212c: A palavra passa à Filosofia. Sócrates e Diotima

Depois que falou Agatão, continuou Aristodemo, todos os presentes aplaudiram, por ter o jovem falado à altura do seu talento e da dignidade do deus. Sócrates então olhou para Erixímaco e lhe disse: — Porventura, ó filho de Acúmeno, parece-te que não tem nada de temível o temor que de há muito sinto, e que não foi profético o que há pouco eu dizia, que Agatão falaria maravilhosamente, enquanto que eu me havia de embaraçar?

— Em parte — respondeu-lhe Erixímaco — parece-me profético o que disseste, que Agatão falaria bem; mas quanto a te embaraçares, não creio.