demiourgos

demiourgós (ho): artífice, demiurgo. Latim: faber; creator. O operário divino que modela o mundo a partir da matéria primitiva. Essa palavra é composta de démios, plebeu, popular, e de érgon, obra, trabalho. O primeiro sentido de demiourgós é: operário, artífice, fabricante. Foi Platão que lhe deu um sentido filosófico. , o artífice do universo.

Platão: Mitos do Cosmo

(Excertos de Jean Brun, "Platão")

1. A construção do mundo. — É a este tema que é dedicado o Timeu, que Brunschvigc chama um «romance físico». Neste diálogo surgem muitos temas pitagóricos, a ponto de, desde a Antiguidade, correr uma lenda, relatada por Diógenes Laércio, segundo a qual Platão teria aproveitado uma viagem ao Egito para comprar a preço de ouro escritos secretos de Pitágoras e do seu discípulo Filolau, que teria depois plagiado no Timeu.

Filebo

Philebus ou Filebo

Sobre o prazer e o bem. Filebo vive uma vida de extremo hedonismo, desprovida de razão e pensar, que não sustenta qualquer conversa sobre ela e não se submete à reflexão. Tanto que no meio do diálogo Filebo se cala.

Os princípios da ética (como viver melhor) se conectam com princípios de metafísica e lógica exercendo demandas lógicas sob um apelo ético.

1.3 Cronologia absoluta do Timeu

1.3 Cronologia absoluta

O lugar do Timeu no corpus platônico tem sido uma questão muitíssimo discutida, flutuando as opiniões, de um modo geral, em duas orientações principais: segundo a primeira (a mais antiga), o diálogo pertence à última fase de Platão, de que fazem parte também o Sofista, o Político, o Filebo e as Leis; de acordo com a segunda, o diálogo deverá, por outro lado, ser incluído na fase média juntamente com Crátilo, Fédon, Banquete, República, Fedro, Parmênides e Teeteto.

1.2 Datação do Timeu

1.2 Datação

Ao abordarmos a data de uma obra dramática, como são as de Platão, deveremos, antes de mais, ter em conta que este aspeto deve ser entendido sob dois pontos de vista: o da data dramática, isto é, a altura ou época a que se reporta a ação narrada; e, por outro lado, o da data real de composição, o mesmo que dizer quando foi realmente escrita a obra.

Estrutura do Timeu

  • Introdução 17a-27b
    • Situação dramática
    • Intervenção de Sócrates
      • Resumo da entrevista anterior
      • O voto de Sócrates
    • Intervenção de Critias
      • As fontes de seu relato
      • O relato
        • A Atenas antiga
        • A Atlântida
      • O projeto de Critias para responder ao voto de Sócrates
    • Distribuição dos papéis
  • Prelúdio
    • Oração
    • Notas preliminares
      • Princípios
        • Separação ontológica
        • Princípio da causalidade

O CORPO HUMANO

Mas todas estas coisas (o Deus) as pôs primeiro em ordem. Depois formou de todas elas o todo, o ser único que contém em si mesmo todos os seres mortais e imortais. Dos imortais ele mesmo foi o artífice. Quanto aos seres mortais, encarregou suas próprias criaturas de sua formação. Aquelas, lembrando-se da obra de seu criador e recebendo de suas mãos o germe imortal da alma, moldaram a seu redor oi corpo mortal que a acompanha, dando-lhe todo ele como veículo.