República VII

4 O essencial: a educação a dar aos governantes (VI [[Rep6:502c]] - VII)

  • Nota: Toda esta parte é consagrada à educação superior que devem receber os governantes (entre 20 e 35 anos) depois de sua formação inicial descrita acima

    Lembrança da seleção operada e da educação já recebida

    a) O objetivo a alcançar: o Bem

    • O objetivo supremo da educação dos guardiões é de conduzi-los a conhecer o Bem; rejeição da concepção popular do Bem como prazer mais dificuldade a defini-lo.

      É preciso proceder por imagens

      • Primeira imagem: o Bem é no mundo inteligível o que o Sol é no mundo visível

        Segunda imagem: A seção da linha: os quatro objetos e os modos de conhecimento que a aí se relacionam

        Terceira imagem: A alegoria da caverna (VII, [[Rep7:514a]]-[[Rep7:518b]])

        • Representação de nossa natureza se ela não é esclarecida pela educação

          • a situação inicial na Caverna
          • a formação (impedimento da liberação) e suas etapas até a visão do sol
          • a redescida na caverna
          • Interpretação da imagem (Caverna = mundo visível; fogo = sol)

          O objetivo da educação é de voltar o olho da alma para a ideia do Bem

          É preciso voltar as boas naturezas em direção deste objetivo e força-las em seguida a "redescer" para governar os outros

    b) Os meios da educação: as cinco ciências propedêuticas

    • Insuficiência da formação recebida (ginástica e música) e das artes para alcançar o objetivo

      Primeira ciência necessária, a ciência dos números, a aritmética, "ciência geral, que serve a todas as artes, a todas as ciências e a todas as operações intelectuais"

      • distinção entre os objetos que incitam à reflexão - aqueles que produzem a contradição - e aqueles que não a incitam

        distinção entre dois usos da aritmética

        • propedêutico à intelecção
        • puramente utilitário

      Segunda ciência necessária, a geometria plana, ciência das figuras

      • distinção entre uso ordinário da geometria e seu uso propedêutico ao conhecimento

      Terceira ciência, a esteriometria, ciência dos sólidos, ainda incoativa

      Quarta ciência, a astronomia e seu verdadeiro método

      Quinta ciência, a harmonia e seu verdadeiro método

    O termo da educação: a dialética

    • A meta final é a dialética, que tem por objeto o conhecimento da essência de cada ser e por termo o conhecimento do Bem

      A seleção dos futuros dialéticos

      • suas qualidades naturais
      • triagens sucessivas

      Perigos da dialética mal praticada ou reduzida a um simples jogo

      Depois da prática da dialética, redescida na caverna e ocupação de postos públicos durante quinze anos, para os melhores, contemplação do Bem; depois do que, compartilhamento do tempo entre filosofia e comando político

      Relembrar o ciclo completo

      • até os 18 anos
        • literatura
        • música
        • matemáticas elementares
      • de 18 aos 20 anos
        • treinamento físico
        • treinamento militar
      • 20 a 30 anos, depois da seleção
        • ciclo completo das ciências matemáticas
      • 30 a 35 anos, depois de outra seleção
        • dialética
      • 35 a 50 anos
        • serviço público
      • depois dos 50 anos, para os melhores
        • contemplação
        • ação política

A realização do Estado justo é possível se se pões na cabeça do Estado filósofos assim formados