Psicologia

Para Sorabji (2005 v.1 p.25) quatro coisas são surpreendentes sobre a psicologia platônica e aristotélica nos comentadores que se desdobram na tradição deles. Primeiro, os neoplatonistas a viram como uma passagem para uma metafísica e teologia superiores. Segundo, a discordância entre as psicologias de Platão e Aristóteles tornava sua harmonização mais difícil. Terceiro, o comentadores aprofundaram a psicologia deles mais do que qualquer outro ensinamento. Quarto, admitem que a razão permeia outras funções mentais como percepção e formação de conceitos.

Taylor: phronesis

Esta palavra frequentemente significa em Platão e nos escritores platônicos, o hábito de discernimento do que é bom em todas as ações morais, e frequentemente significa inteligência, ou percepção inte

Peters: noeton (neoplatonismo)

Referência: 
2.° O mundo inteligível

4. A questão da atividade noética do Uno foi quase de certeza levantada pela descrição que Aristóteles faz da energeia do Primeiro Motor como noesis (ver noûs 9).

Taylor: amethekton

NÃO-PARTICIPÁVEL, to amethekton. Aquilo que não é con-subsistente com uma natureza inferior. Assim o noûs não participável é uma inteligência que não é con-subsistente com a alma.

Theme by Danetsoft and Danang Probo Sayekti inspired by Maksimer