Herakles

O maior herói da Grécia foi Hércules, personagem proeminente mas a nível completamente diferente do de , o grande herói de . Em toda a Grécia, com excepção de Atenas, Hércules foi o mais admirado.

Bouillet: Tratado 53 (I, 1) - QU'EST-CE QUE L'ANIMAL, QU'EST-CE QUE L'HOMME ?

Qu'est-ce que l'animal? qu'est-ce que l'homme? Dans ce livre, Plotin s'est proposé de résoudre une question qui est énoncée dans le livre III de l'Ennéade II (§ 16, p. 187): Quelle partie de l'âme est separable du corps pendant cette vie ? Quelle partie ne l'est pas ? question qu'il transforme en celle-ci: Qu'est-ce que l'animal? Qu'est-ce que l'homme?

Guthrie: Tractate 27 (IV, 3, 14) - PLOTINOS SHOWS MEN ADD TO THE BEAUTY OF THE WORLD

BY A PUN ON "WORLD" AND "ADORNMENT," PLOTINOS SHOWS MEN ADD TO THE BEAUTY OF THE WORLD.

14. That is how this world, which already contains many lights, and which is illuminated by souls, finds itself still further adorned by the various beauties derived from different beings. It receives beauties from the intelligible divinities and from the other intelligences which furnish it with souls. This is probably the allegorical intent of the following myth.

BY A PUN ON "PROMETHEUS" AND "PROVIDENCE," PLOTINOS EMPLOYS THE MYTH OF PANDORA.

Jowett: Phaedo (88b-102b) — Reflexões preparatórias a uma retomada do debate

All of us, as we afterwards remarked to one another, had an unpleasant feeling at hearing them say this. When we had been so firmly convinced before, now to have our faith shaken seemed to introduce a confusion and uncertainty, not only into the previous argument, but into any future one ; either we were not good judges, or there were no real grounds of belief.

Fédon 88b-102b — Reflexões preparatórias a uma retomada do debate

Ao ouvi-los falar dessa maneira, todos nós nos sentimos desagradavelmente impressionados, conforme depois confessamos a nós mesmos; firmemente convencidos como ficáramos, ante os argumentos anteriores, as palavras de agora como que nos deixavam inquietos e nos levavam outra vez a duvidar, tanto com relação ao que já fora dito como ao que ainda restava por dizer. Ou éramos maus juízes ou o assunto não admitia prova.

Teeteto 175

En cuanto a los que alaban la nobleza y dicen que es de buena casa, porque puede contar siete abuelos ricos, cree que semejantes elogios proceden de gentes que tienen la vista baja y corta, a quienes la ignorancia impide fijar sus miradas sobre el género humano todo entero, y que no ven, con el pensamiento, que carla uno de nosotros tenemos millares de abuelos y antepasados, entre quienes se encuentran muchas veces una infinidad de ricos y pobres, de reyes y esclavos, de helenos y bárbaros, y mira como una pequeñez de espíritu el gloriarse de una procedencia de veinticinco antepasados, hast

Enéada I,1,12 — Retorno sobre o problema da impecabilidade da alma separada.

12. Mas se a Alma é sem pecado, como podem haver expiações? Aqui certamente há uma contradição; por um lado a Alma está acima de toda culpa; por outro, ouvimos de seu pecado, sua purificação, sua expiação; está condenada ao mundo inferior, passa de corpo em corpo.

Podemos qualquer visão a vontade: elas são facilmente reconciliáveis.

Quando falamos da Alma sem pecado, fazemos Alma e Alma-Essencial uma única coisa: é a simples Unidade indivisível.