Natorp

Natorp, Paul (1854-1924) Filósofo alemão (nascido em Dusseldorf); neokantista da escola de Marburgo, sua preocupação fundamental era com a pedagogia social. Obras principais: A teoria cartesiana do conhecimento (1882), A doutrina das ideias de Platão (1903), Pedagogia social (1915). [H. Japiassu]

Interpretação das ideias platônicas por Natorp

Excertos de Manuel García Morente, Fundamentos de Filosofia

Segundo a interpretação de Natorp, as ideias platônicas seriam uma posição do ser para o sujeito pensante. O sujeito pensante, o homem, quando se defronta com a multiplicidade e variedade das sensações, introduz unidade nesse caos das sensações; pela simples virtude do seu pensamento de caráter sintético, reúne em feixes grupos de sensações, aos quais confere a plena realidade, a objetividade.

Morente: Interpretação realista das idéias platônicas.

Excertos de Manuel García Morente, Fundamentos de Filosofia

Estas palavras, "realismo das ideias", podem surpreender aos que cultivam a filosofia e leram histórias da filosofia e livros sobre Platão. Pode surpreendê-los que eu empregue, para designar a metafísica de Platão esta expressão de "realismo das ideias". Com ela quero eu sublinhar a interpretação que me parece mais justa da filosofia platônica.