krasis

gr. krásis: combinação, mistura, composto. Noção fundamental da definição estoica da alma como corpo, como da relação da alma com o corpo, contestada por Plotino. Usa-se também mixis, migma para mistura.

Peters: genesis (Aristóteles)

12. Tudo isto é, porém, a genesis pré-cósmica, a situação «antes que ouranos se formasse» (ibid. [[Tim:52d|52d]]). As qualidades, juntamente com os seus «poderes» associados (dynameis; ver pathos, paschein), andam à deriva no Receptáculo de maneira caótica (ibid. [[Tim:52d|52d-53a]]). Mas então o nons começa a sua ação e põe ordem no caos ao transformar as qualidades primárias da terra, ar, fogo e água nos quatro corpos primários do mundo sensível (ibid.

Composição do Corpo

Segundo Brisson & Pradeau (2002 p.127), a composição dos corpos pode ser considerada de dois pontos de vista: ou bem o corpo se divide em várias partes, ou bem ele se decompõe em forma e em matéria. Sobre este ponto, Plotino segue Alexandre de Afrodisia.

Guthrie: Tractate 38,4 (VI, 7, 4) - SUCH QUESTIONS DEMAND SCRUTINY OF THE INTELLIGIBLE MAN

SUCH QUESTIONS DEMAND SCRUTINY OF THE INTELLIGIBLE MAN.

4. To answer these questions, we would have to go back to the nature of the intelligible Man. Before defining the latter, however, it would indeed be far better to begin by determining the nature of the sense-man, on the supposition that we know the latter very well, while perhaps of the former, we have only a very inexact notion.

DIFFERENCE BETWEEN THE MAN KNOWN BY THE SENSES AND THE INTELLIGIBLE MAN.