kathodos

káthodos ou katabasis: descida, queda (da alma). O tema da subida ( ) e da descida (katabasis) no símile d a caverna repercute na psicologia neoplatônica.

Queda

Na época de Plotino, segundo Pierre Hadot, tinha-se a náusea do corpo. Esta será a princípio uma das razões da hostilidade pagã Ao mistério da Encarnação. Porfírio o dirá claramente:

Como admitir que o divino tenha se tornado embrião, que após seu nascimento, envolvido em panos, todo sujo de sangue, de bile — e pior ainda. (Contra os Cristãos, fragm. 77)

Mas os cristãos eles mesmo verão bem que este argumento se volta contra eles que, tal como os platônicos, creem na preexistência das almas em um mundo superior:

Platão: Mito da Queda da Alma

2. A queda. — É muito difícil saber qual é a natureza da alma, mas podemos, diz Platão (Fedro, 246 a), dar dela uma imagem. As almas são um carro celeste em que um cocheiro comanda os cavalos. Os cavalos das almas divinas são cavalos robustos e obedientes; o carro alado das almas humanas é feito de dois cavalos, um que é bom e obediente, o outro rebelde; por isso, conduzir um tal carro é uma coisa difícil.