Enéada I,1,13 — O sujeito da investigação filosófica

13. E o princípio que raciocina estas matérias? É "Nós" ou a Alma?

"Nós", mas pela Alma.

Mas como "pela Alma"? Isto quer dizer que a Alma raciocina por possessão (pelo contato com matérias da investigação)?

Não; pelo fato de ser Alma. Seu Ato subsiste sem movimento; ou qualquer movimento que possa ser descrito para ela deve ser absolutamente distinto de todo movimento corporal e ser simplesmente a própria vida da Alma.

E a Intelecção em nós é dupla: posto que a Alma é intelectiva, e Intelecção é a mais alta fase da vida, temos Intelecção tanto pelo Ato característico de nossa Alma, e como pelo Ato do Princípio-Intelectual sobre nós - pois este Princípio-Intelectual é parte de nós não menos que a Alma, em sua direção estamos sempre ascendendo.